Preparo de cólon… a parte mais desagradável da colonoscopia.

IMG_2063

O que é o preparo do cólon?
Essa é uma etapa de extrema importância pois disso depende a realização do exame.
O cólon (intestino grosso), deve apresentar apenas líquido de coloração clara para que todas as paredes do órgão sejam bem estudadas e pequenas lesões e pólipos não deixem  de ser vistos e retirados!!
A dedicação do paciente é a condição mais importante para que o preparo fique bom.  Pacientes constipados, com doença diverticular ou acamados podem apresentar mais dificuldades para limpeza do cólon.

Então vamos lá:
Dois dias antes da realização do exame o paciente deve iniciar com uma dieta leve ( alimentos cozidos, evitando carnes, verduras e alimentos com bagaço). Os líquidos são liberados e devem ser estimulados.
Um dia antes do exame o paciente, deve fazer uma dieta líquida sem resíduos ( tudo batido no liquidificador, sopas e caldos, sem pedaços e de preferência mais fluidos!).
Ainda no dia anterior ao exame o paciente deve tomar dois comprimidos de Bisacodil (Dulcolax) pela manhã e mais dois comprimidos a tarde. Durante todo o dia a ingesta de líquido é muito importante.
No dia do exame o paciente poderá ingerir líquidos até cerca de 4 horas antes do exame.
A cerca de 6 horas antes do exame, inicia-se a ingesta da solução ajudará a limpar o cólon.
Aqui no Brasil essa solução é habitualmente composta de Manitol ( Laxante osmótico) ou Muvinlax ( fibra sintética).
Quando realizado com manitol, a solução é preparada com 500 ml de manitol + 500 ml de suco de laranja coado + dois frascos de Dimeticona gotas (Luftal).
Quando realizado com Muvinlax, a preparação deve ser realizada, diluindo-se 20 saches da medicação a 2 litros de agua + 2 frascos de Luftal gotas.
Tanto a solução de muvinlax quanto a de manitol, devem ser ingeridas num período curto, cerca de 2 horas.

O preparo deve ser adequado ao horário que o exame será realizado.
Pacientes debilitados, com idade avançada Mais de 75 anos) devem optar pelo preparo intra hospitalar.

Ao fim do preparo as evacuações devem estar líquidas e claras.

A hidratação com líquidos isotônicos como água de côco, Gatorede, entre outros devem ser estimulada, entretanto os líquidos ingeridos não podem apresentar cores fortes como roxo, vermelho e rosa…
Todas essas dicas são baseadas na literatura e em minha experiência pessoal… Portanto as orientações de seu médico devem ser respeitadas, já que cada profissional pode fazer adaptações de preparo mediante a sua experiência e na própria avaliação clínica de seu paciente.

De qualquer maneira, espero que essas dicas colaborem para um excelente exame.

Grande Abraço,

Dr. Sérgio Barrichello,

Duvidas:

http://www.facebook.com/drsergiobarrichello
safpacientes@terra.com.br

About these ads

10 comentários sobre “Preparo de cólon… a parte mais desagradável da colonoscopia.”

  1. Boa noite Dr. Sérgio Barrichello,

    O Sr. poderia clarear-me uma dúvida, por favor? Minha mãe tem 69 anos, 1,65m e 51k e passou por cirurgia bem sucedida há 2 anos de uma sigmóide alongada, detectada por enemopaco, onde retirou 28cm de intestino. Mas há + – 3 meses voltou a ficar preguiçoso, sendo que agora, há cerca de um mês, precisou recorrer novamente aos enteroclismas. Foi então pré-internada, em condições normais de saúde, afora uma hipoglicemia controlada, para realização de colonoscopia desde às 6hs de quinta-feira (10/1), onde recebeu “preparo” porém, não pode realizar o referido exame por não estar adequadamente limpa. Efetivamente internada recebeu vagarosa limpeza, dieta líquida-coada + soro, jejum e novo preparo entre sexta e sáb. quando aí sim foi para mesa e realizou a colono. Mas para a surpresa o laudo constou incompleto, por estar novamente inadequado, com resíduos sólidos. Entrou novamente em processo de limpeza, dieta… Amanhã (seg. 14/1), já preparada, fará mais uma tentativa de exame. A minha pergunta é: Sobre o conhecimento que o Sr. tem da agressividade da preparação e os riscos do próprio exame, o Sr. aconselharia continuar insistindo caso esta próxima tentativa fracasse também por “limpeza inadequada”? O Sr. manteria esse rítimo de esgotamento por mais quantos dias e/ou tentativas até o sucesso? Existe um número limite para tentativas seguidas? Uma tomografia não vai remover pólipos etc. …mas neste caso ela não poderia ajudar para o diagnóstico com menos desgaste?

    Obrigado.

    1. Caro Ricardo, creio que um enema opaco seria de grande valia neste momento… se ela estiver clinicamente bem creio que valha a pena mais uma tentativa, entretanto o medico que conduz o caso de perto é o unico que poderia lhe dizer isso com certeza, ja que só ele tem todas as informaçoes necessarias.
      Mas por nao ser uma urgencia, o enema seria uma saida, pois assim poderiamos samer as dimensoes do colon e talves orientar melhor a conduta, sendo postergado a necessidade da colono já que o preparo esta tao dificil.
      Mas como lhe disse, essa é apenas a minha opiniao que esta muito limitada pela falta de dados!
      Grande abraço.

  2. boa noite dr sergio eu fiz uma colono e o resultado deu [preparo indequado do colon com fezes liquifeitas e liquidas por todo o trajeto introduçao do colonoscopio ate oceco q se apresentaendoscopicamente normal colon ascendente sigmoide e reto sem alteraçoes com mucosa de aspecto normal com trasparencia conservada o q isso significa vou ter q refazer o exame ou ta satisfatorio?
    26/04/2011

    1. Caro amigo o preparo para colonoscopia em um paciente com diabetes compensada é o mesmo de uma pessoa sem diabetes. Alguns cuidados devem ser tomados não deixando a glicemia variar muito. Aconcelho seguir o preparo rotineiro entretanto fazer o glicoteste com uma maior frequencia no periodo do preparo para corrigir eventuais alterações nas taxas de glicose do sangue.
      Caso sinta-se inseguro solicite ao seu medico para fazer o preparo em ambiente hospitalar.
      Grande Abraço,
      Dr. Sérgio BArrichello

  3. Dr. Sérgio, Boa tarde.
    Há dois anos, minha irmã faleceu, no Hospital das Clínicas, onde ficou internada apenas 10 dias (3/08/2009), e somente lá disseram que ela (pelas radiografias lá tiradas), que tinha câncer de intestino, mas somente com o resultado da biópsia poderiam comprovar. Ants da internação, ela apresentou em uma ultrassonografia que fizemos particularmente, dois nódulos no fígado, que não foram tratados
    Inicialmente, (4 meses antes), ela teve dores abdominais e vômitos (escuros), raramente conseguia engolir, apenas dietas líquidas e depois até essa alimentação era difícil, os médicos da Samcil, na época tiraram radiografias do abdôme, fizeram lavagem intestinal, exames de sangue, porém não diagnosticam câncer, e quando o marido conseguiu interná-la nas Clínicas, foi feita uma operação de emergência, tirando 48cm de intestino, e não houve necessidade da bolsa. Após o periodo de recuperação habitual na UTI, foi levada ao quarto, onde ao invés de apresentar melhora, seu corpo em geral, começou a inchar cada vez mais. E um dia, pelo que me disseram ela sofreu uma queda no banheiro (não levantava sozinha), mas os médicos de plantão e enfermeiras insistiam para que ela levantasse para o funcionamento do metabolismo.

    Conclusão: ao cair, estourou a cirurgia, e efetuaram uma outra cirurgia de emergência, e depois de três dias, (não chegou a recobrar a consciência), ela faleceu…
    Eu vi os exames, e a biópsia apresentou um adenoma de 3cm, e parece que tinha algum tecido com úlcera.
    Até hoje, não consigo entender como uma pessoa pode falecer com adenoma de 3cm, e apesar de ser leiga, eu sei que o adenoma pode ser benigno não é mesmo? Aguardo sua resposta. Muito obrigada. Norma.

  4. Dr.Sérgio, lendo suas informações, percebi que o Dr. esclarece de maneira simples e objetiva às dúvidas, principalmente quando somos leigos no assunto medicina. Portanto gostaria de pedir-lhe uma informação muito importante. Minha mãe, uma senhora de 69 anos, precisa fazer pela 2ª vez uma colonoscopia, por causa de um desconforto intestinal, que ela tem pela manhã, todos os dias ao tomar qualquer líquido no café da manhã, quer seja leite, café, chá, suco. Então p/investigação foi-lhe pedido novamente esse exame depois de 2 anos. No entanto ela é diabética, embora bem controlada, a nível 110 a 115 de glicose, e toma remédios como metiformina XR, e faz sua dieta normal. Bem, quando ela fez a colono, nessa época, ficou internada no Hospital do Servidor Público Municipal, na vergueiro, e lá foi monitorada em seu preparo. Mais infelizmente o Manitol fêz um mal tão grande, subindo assim sua Diabetes a 400 o que quase complicou muito seu quadro, c/muito vômito. Daí, visto estar c/ela acompanhando e cuidando, chamei rapidamente a enfermeira, que logo aplicou-lhe a insulina. Sendo assim, precisando fazer novamente, ela está muito temerosa, com esse líquido, tão melado. Gostaria de saber se existe um outro medicamento que poderia ajudá-la a realizar o exame, sem tanto desconforto, e medo até mesmo de ter uma complicação maior. Segundo o proctologista que ela consultou, disse que o procedimento é esse mesmo, não dando opções p/outra forma. Então, o Dr. Sérgio,poderia me ajudar nesta situação. Aguardo o mais urgente possível, pois precisamos marcar logo! Grata. Alcione.

  5. Gostei muito da matéria ,gostaria que enviasse para o meu e-mail.
    Atenciosamente
    Gilmar de Almeida Santos-Médico da Equipe de consultóro na rua da UBS Santa Cecília.

    1. Obrigado pela atenção caro colega!! Tentei enviar em seu email, mas não obtive resposta. Se possível confirme o recebimento!!
      Grande abraço
      Barrichello

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s